Cadela adota filhotes de gato órfãos e produz leite para amamentá-los


Foto: Arquivo Pessoal Dayana Rosa

Uma cadela salvou a vida de quatro filhotes de gato órfãos ao adotá-los e produzir leite para amamentá-los. O caso, que aconteceu na cidade de Goiatuba, em Goiás, é um exemplo da sensibilidade dos animais e da força do instinto materno.

Os filhotes foram acolhidos pela secretária Dayana Rosa de Freitas, de 38 anos, que tinha a intenção de deixá-los aos cuidados de sua gata, que acabou de parir e seria uma espécie de “mãe de leite” dos gatinhos órfãos. Grande foi a surpresa da secretária ao perceber que a nova mãe dos bebês seria a cadela Megui, que passou até a produzir leite para amamentá-los.

Os filhotes foram resgatados por uma entidade de proteção animal após serem encontrados na rua, em situação de abandono, ao lado da mãe, que estava morta.

“A ONG postou nas redes sociais que tinha resgatado os gatinhos e que precisava urgente de uma gata para amamentá-los. Pensei na Jurema, minha gata, que está amamentando 4 filhotinhos dela. Mas quem tomou conta foi a Megui, minha cadela, que não deixa a gata chegar perto”, disse Dayana ao G1.

Abandonados ainda com o cordão umbilical, os filhotes recém-nascidos necessitam de cuidados. E a cadela soube disso no momento em que colocou os olhos neles.

“Ela [cadela] ficou cheirando os gatinhos. Eu virei as costas, e ela já deitou perto. Tive medo de ela acabar machucando os filhotes. Fiquei surpresa com a situação, porque ela deu leite”, disse a secretária.

Assim que estiverem em idade adequada para serem doados, os filhotes precisarão de novos lares. Os interessados em realizar a adoção devem entrar em contato com a ONG responsável pelo resgate.

“Um filhotinho acabou não resistindo. Eles foram abandonados assim que nasceram. Com os meus, estou com sete filhotes em casa, mas só os que foram resgatados vão para adoção. Os da Jurema são dos meus filhos”, afirmou.

Dayana pede ajuda também para arrecadar fundos para custear a castração dos filhotes. O procedimento é essencial para evitar crias indesejadas e, dessa forma, combater o abandono. Além disso, a esterilização é benéfica para a saúde do animal, que vive por mais tempo e fica livre de determinadas doenças, incluindo alguns tipos de câncer.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO

AVANÇO

COMPORTAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>