Cachorra faz visitas diárias à vizinha para que ela não se sinta sozinha


Sophia Moore e sua visitante diária, Edith | Foto Reprodução

Mudanças são sempre delicadas, principalmente se elas envolvem términos de relacionamentos.

Situação semelhante aconteceu com Sophie Moore, que precisou recomeçar a vida, após o termino de seu namoro. Além da separação, o momento era ainda mais delicado, porque Moore sentia falta do cãozinho de seu ex-companheiro.

No entanto, numa manhã um visitante inusitado apareceu na soleira da porta de sua casa. Um grande labrador preto chamado Edith, ficou sentado do lado de fora, pedindo para entrar e conhecer a nova moradora da casa. A cadela é companheira do vizinho de Sophia que a deixa circular pelo local.

Edith esperando atenção da sua vizinha | Foto: Reprodução

Moore conta que inicialmente Edith estava desconfiada dela, então demorou um pouco para interagir, mas depois de oferecer uns petiscos e brincar com a cadela, logo tornaram-se amigas.

Sophie comenta que não demorou muito para que as visitas tornarem-se uma rotina, onde praticamente todos os dias pela manhã Edith está esperando ansiosamente para encontrar sua amiga.

“Quase todos os dias ela fica sentada do lado de fora da minha porta”, disse Moore. “Vou abrir a porta e ela vem e diz olá. Ela fica geralmente enquanto estou na cozinha”.

Edith na soleira da porta | Foto: Reprodução

E comenta como ter a presença de Edith, está lhe ajudando neste momento difícil de sua vida “Não ter mais meu cachorro aqui comigo, tem sido muito difícil, porque eu sinto muito a falta dele e sempre tive cachorros em minha vida”, e argumenta “Por isso, ver Edith certamente me ajudou a preencher o vazio de não ter meu cãozinho presente e enfrentar esse momento”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>