Hora do planeta

Artistas instalam relógio gigante que faz contagem regressiva para crise climática irreversível

Ideia é chamar atenção para a crise climática global que assola o mundo e auxiliar na conscientização para novos hábitos.

Relógio contabilizando o tempo até os recursos para conter a crise climática se esgotem | Foto: Reprodução
Relógio contabilizando o tempo até os recursos para conter a crise climática se esgotem | Foto: Reprodução

Na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, um enorme relógio eletrônico digital estava fazendo contagem regressiva até o momento em que a crise climática se torne irreversível no mundo.

Anteriormente, o relógio contava o tempo até e a partir da meia noite, mas foi reformulado pelos artistas, Gan Golan e Andrew Boyd para ter a nova função ecológica.

O apelidado “Relógio do Clima”, possui aproximadamente 18 metros de altura, e fica exposto em frente a Union Square em Manhattan. Ele permanecerá no local até dia 27 de setembro, na Semana do Clima, após os artistas planejam mudar a instalação para outro lugar.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Segundo os artistas, para reprogramar o relógio eles usaram os dados fornecidos pelo Mercator Research Institute on Global Commons and Climate Change, de Berlim. Os números que aparecem no visor do relógio representam os anos, dias, horas, minutos e segundos até que o tempo que temos para reverter o aquecimento global se esgote.

Em entrevista para o Jornal The New York Times, Gan Golan disse que esta foi a maneira que eles escolheram de “gritar” para as pessoas, o que está acontecendo com o planeta. Seu parceiro Andrew Boyd também acrescentou: “Este é sem dúvida o número mais importante do mundo. E um monumento é muitas vezes como uma sociedade mostra o que é importante”.

O presidente da Related Companies, a incorporadora que possui One Union Square South, Stephen Ross disse: “O Relógio do Clima vai lembrar ao mundo todos os dias quão perigosamente estamos perto do limite”. Segundo ele essa iniciativa tende a conscientizar as pessoas a juntarem-se na defesa e pelo futuro do planeta.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui