Fórum Animal lança curso para capacitação de representantes da proteção animal


Fórum Animal lança curso para capacitação de representantes da proteção animal
Foto: Reprodução/Facebook/ Ong Fórum Animal

O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, em parceria com a UFPR, anunciou a oferta de curso de educação a distância para “Capacitação de Representantes da Proteção Animal em Comissão de Ética na Utilização de Animais (CEUAs)”. O curso será completamente gratuito e tem como objetivo capacitar membros de sociedades protetoras de animais para atuar de forma efetiva em prol das espécies.

As aulas serão iniciadas no dia 5 de outubro de 2020, com um cronograma total de 40 horas, divididos em oito módulos com cinco horas semanais, que vão desde o histórico da experimentação animal no país, até o entendimento de métodos alternativos disponível atualmente, buscando discutir as temáticas da ética, bioética e bem-estar dos animais.

Segundo a médica veterinária Karynn Vieira Capilé, 34 anos, uma das coordenadoras do bioético da ONG Fórum Animal, a ideia de realizar esse curso nasceu da preocupação de diversas pessoas comprometidas com a luta de acabar com o sofrimento dos chamados “animais de laboratórios”, lembrou a coordenadora.

As aulas serão ministradas por professores de diferentes áreas, como veterinária, direito e biologia. A ideia do curso é atingir membros de entidades de proteção animal e membros de (CEUAs) e também estudantes e pesquisadores interessados em ética e bem-estar animal. Ao final do curso, o estudante receberá um certificado de participação do curso, que terá duração de oito semanas.

Para a coordenadora do curso Karynn Vieira, o objetivo principal do curso é, reduzir o sofrimento e a instrumentalização dos animais explorados para fins de ensino e pesquisa.

“A lei brasileira que regula a experimentação (lei 11.794) exige que toda instituição de ensino ou pesquisa que usa animais tenha um comitê de ética no uso dos animais (CEUA), essa mesma lei também prevê que todo comitê de ética precisa ter um representante da Sociedade Protetora de Animais (SPA). Porém, ocorre que muitas (CEUAs) não contam com esses representantes”, ressaltou a médica veterinária em entrevista à ANDA.

“A ideia do curso é preparar os protetores para defender os interesses dos animais, considerando-os como indivíduos sencientes, com seus próprios interesses e preferências, discordando, contrariando, questionando os experimentos que usam animais”, salientou Vieira.

Fórum Animal lança curso para capacitação de representantes da proteção animal
Foto: Reprodução/ Facebook/ Ong Fórum Animal

O CEUA é uma Comissão de experimentação e Uso de Animais, que destina-se a fazer a revisão ética de toda e qualquer proposta de atividade cientifica ou educacional que envolva a utilização de animais vivos não-humanos, essencialmente de grupos vertebrados, seguindo e promovendo as diretrizes normativas nacionais internacionais para pesquisa e ensino envolvendo animais.

De acordo com a coordenadora o curso servirá para identificar as lacunas dessas comissões. “Há muitas lacunas nos CEUAs, eles não discutem de fato as questões éticas, não questionam se é justo submeter aos procedimentos que são submetidos, não discutem se é justificável instrumentalizar indivíduos concretamente para hipoteticamente salvar outros, enfim, as questões éticas mesmo, não se discute”, declarou Karynn.

“A melhor metáfora para o funcionamento das CEUAs é a ‘raposa vigiando o galinheiro’, os pesquisadores é quem compõe as comissões, eles usam os animais e eles mesmo é quem discutem o que é ético ou não em relação ao que fazer com os animais”, ponderou a veterinária.

O curso será ofertado em plataforma própria, com número de vagas limitadas. Após o recebimento de todas as inscrições, será realizada a pré-seleção dos candidatos e aqueles que forem aprovados serão informados via e-mail. Todo o conteúdo será disponibilizado gratuitamente e é fundamental que cada inscrito se comprometa com a realização até o final, requisito principal para o recebimento do certificado.

A programação do curso terá os seguintes módulos: Ambientação à plataforma UFPR virtual, apresentação dos participantes, professores e instrutores; Histórico e contextualização da regulamentação da experimentação animal no Brasil; Representação da Sociedade Protetora dos Animais no Conselho Nacional de Controle e Experimentação Animal (CONCEA) e nas CEUAs; Conceitos e princípios éticos relativos à experimentação; Parâmetros, condições e limites, da experimentação animal; Tipos de pesquisa e métodos alternativos à experimentação animal; Participo de uma CEUA, e agora?

Foto: Reprodução/ Facebook/ ONG Fórum Animal

As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de setembro, através deste link. O candidato que quiser se inscrever no curso, terá que responder um formulário para finalização da sua inscrição.

Para maiores informações pode entrar em contato via e-mail: info@forumanimal.org ou comunicação@forumanimal.org


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>