Menina escreve carta para gato que morreu e coloca o céu como destinatário


Reprodução

Nevaeh, de 5 anos de idade, vivia um difícil período de luto quando decidiu escrever uma carta para seu gato que morreu. O céu se tornou o destinatário e, para a surpresa da garota, Tin Tin respondeu – através de um carteiro com um coração gigante.

Tin Tin teve que ser sacrificado após o agravamento de problemas de saúde. E embora a mãe da menina tivesse alertado-a que o céu estava longe demais e que, por isso, talvez a carta não chegasse até o gatinho, Nevaeh resolveu arriscar e colocou a carta no correio.

O que Tamara, de 26 anos, não esperava é que um carteiro daria uma resposta a sua filha. Mas foi o que aconteceu. Uma semana depois, Nevaeh soube que Tin Tin lhe respondeu e ainda enviou um livro e um gatinho de brinquedo. As informações são do The Mirror.

“Quero que você saiba que estou bem e que fiz bons amigos aqui, um deles, chamado Tibbles, ronca muito quando temos cochilos de gatos. Estou sendo alimentado e bem cuidado pelos anjos”, dizia a carta.

“Eu sei que você está triste por eu não estar aí com você, mas por favor, não fique. Aqui está um gatinho que eu pensei que se parecia um pouco comigo. Então, se você se sentir triste, pode abraçá-lo como nós costumava. Para sempre seu melhor amigo, Tin Tin”, finalizou o carteiro.

A pessoa que se comoveu com a triste história vivida pela família ainda teve o cuidado de assinar a carta com uma patinha de gato. Tamanha sensibilidade comoveu Tamara, que está à procura do carteiro para agradecê-lo por ajudar sua filha a superar o luto.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTUDO

IRRESPONSABILIDADE HUMANA

DESTRUIÇÃO

INCONSCIÊNCIA

CHIPRE

VIDA NOVA

REFLEXÃO

VISIBILIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>