Anitta adota cachorros com deficiência e diz estar feliz com as adoções


Reprodução/Instagram/Luisa Mell

A cantora Anitta usou as redes sociais para anunciar a adoção de três cachorros. Ao decidir aumentar a família, a artista deu uma chance a animais rejeitados pela sociedade: os que possuem alguma deficiência.

Dentre os novos companheiros da cantora estão um cachorro paraplégico e outro que é cego. O anúncio da adoção serve de incentivo aos fãs de Anitta, que podem se espelhar em sua atitude e decidir adotar um animal com deficiência.
A artista falou sobre as adoções aos seus seguidores nas redes sociais enquanto desembarcava no aeroporto de São Paulo. Ela retornava de uma viagem à Europa.

“Oi gente! Ainda não cheguei em casa, estou em São Paulo porque adotei três cachorros. Dois deles são do instituto da Luisa Mell”, afirmou. “Um deles é cadeirante, estamos esperando o aparelho dele chegar. E outro é cego e era usado só para fazer filhotes. O último é aquele que eu comentei nas redes sociais da Luisa, lembram?”, completou.

O posicionamento de Anitta ao citar a exploração de um dos cães por um criador que comercializava filhotes expõe a triste realidade dos animais tratados como mercadorias. Enquanto milhares de cães e gatos morrem nas ruas, em situação de abandono, outros tantos sofrem nas mãos de pessoas que os enxergam como objetos rentáveis.

Ao contrário de muitos, o cão resgatado por Anitta teve direito a um final feliz após sair das mãos de quem o explorava. O animal será mais um a ser cuidado por ela e por sua mãe, que se dedica aos cães da cantora enquanto ela viaja. “Minha mãe vai morrer quando eu chegar em casa. Ela vai se matar, tadinha”, brincou a artista enquanto falava dos novos membros da família.

Anitta não escondeu a alegria que está sentindo por ter a oportunidade de dar uma chance a animais tão necessitados. “Cheguei já feliz da vida. Quem está feliz dá um grito! Eu estou”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESCRAVIDÃO

DADOS ALARMANTES

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>