Milhares de botos são encontrados mortos no Mar do Norte


Pixabay

Cerca de 20 mil botos foram encontrados mortos na costa do Mar do Norte, situado entre a Noruega e a Dinamarca nos últimos 30 anos. A conclusão é de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Utrecht, na Holanda. Os encalhes foram registrados na Escócia, Inglaterra, Bélgica, Holanda, Alemanha e Dinamarca.

Cientistas afirmam que a espécie é muito comum no Mar do Norte e há poucos estudos que analisam as populações e distribuição desses animais. “A maioria dos países mantém registros e investiga encalhes da espécie em nível nacional, mas os botos são uma espécie altamente móvel e se movem independentemente dessas fronteiras nacionais”, disse Lonneke IJsseldijk, um dos autores da pesquisa.

IJsseldijk salienta ainda o número de animais mortos são extremamente relevantes e alarmantes. O estudo analisa o padrão dos encalhes, a distribuição e a consistência. Ainda não há conclusões sobre as causas da morte e o quanto isso impacta a população de botos, mas já há estudos encaminhados nesse sentido.

Segundo o pesquisador, os botos são “uma espécie particularmente difícil de monitorar e reunir informações até mesmo sobre as métricas populacionais mais básicas é muito desafiador. Pesquisas com animais vivos estão sendo feitas para tentar estimar a abundância e distribuição das espécies, mas muitas vezes são restritas em termos logísticos”, aponta.

E completa: “Animais encalhados, por outro lado, estão sendo encontrados em todo o litoral e são relatados durante todo o ano, e os esquemas que contribuem com dados para este estudo forneceram uma abordagem sistemática para a vigilância de encalhes em seus respectivos países”, pontua.

“O exame de indivíduos encalhados também nos permite coletar informações sobre parâmetros como idade e classe de sexo, que são indicativos da estrutura da população e uso do habitat – dados vitais que são muito difíceis de obter por meio de pesquisas com animais vivos”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

ÓRFÃO

INVESTIGAÇÃO

ESTELIONATO

MORTE ACIDENTAL

ALARMANTE

NOVA CHANCE

DESUMANIDADE

SALVAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>