Coalizão pede o fim dos testes em animais para fins cosméticos em todos os EUA


Pixabay

Na última semana, 300 empresas independentes juntaram-se aos 600 membros do Conselho de Produtos de Cuidados Pessoais (PCPC) para endossar oficialmente a Humane Cosmetics Act. A legislação foi introduzida por políticos bipartidários, incluindo o senador vegano Cory Booker (D-NJ) em novembro de 2019, e visa proibir os testes de cosméticos em animais em todo o país, bem como proibir a importação de cosméticos testados em animais de países de todo o mundo. As empresas que apoiam a Humane Cosmetics Act incluem a LUSH, H&M, Overstock.com, Dr. Bronner’s, Unilever, P&G, juntamente com muitas outras. A Humane Society of the United States (HSUS), o Humane Society Legislative Fund (HSLF) e a PCPC se uniram para apoiar a lei, dizendo que a legislação ajudaria a garantir um novo padrão para o bem-estar animal.

“As empresas cosméticas podem escolher entre milhares de ingredientes que têm um histórico de uso seguro para criar produtos novos e inovadores da maneira livre de crueldade. Para novos ingredientes, os testes em animais estão sendo cada vez mais substituídos por métodos sem origem animal que muitas vezes são mais rápidos, mais baratos e mais confiáveis como preditores de toxicidade em humanos”, disse o CEO e presidente da HSUS Kitty Block e a presidente da HSLF Sara Amundson em uma declaração conjunta.

“Mas há uma razão mais fundamental para substituir os testes convencionais em animais por produtos cosméticos como xampu e máscara- o enorme sofrimento que eles causam em coelhos, ratos e cobaias têm substâncias várias vezes forçadas pela garganta, pingadas nos olhos ou manchadas na pele. Muitas vezes são deixados a sofrer durante dias a fio sem qualquer alívio da dor”.

Atualmente, três estados – Califórnia, Nevada e Illinois – proíbem a venda de cosméticos que são testados recentemente em animais. Em todo o mundo, quase 40 países aprovaram legislação para proibir ou limitar os testes de cosméticos em animais, incluindo Austrália, Guatemala, e Turquia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SALVAMENTO

NOVO LAR

COMPAIXÃO

GANÂNCIA

CAMINHO OPOSTO

ÁFRICA DO SUL

ESTADOS UNIDOS

CRUELDADE

ESTUDO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>