Costa Rica reverte desmatamento de florestas e se torna símbolo de preservação


Getty Images

Após se tornar o país com as maiores taxas de desmatamento da América Latina entre os anos 1970 e 1980, a Costa Rica realizou um dedicado trabalho de conservação ambiental e não só freou o desmatamento, como reverteu o cenário, replantando árvores suficientes para regenerar quase toda a área desmatada no passado.

O esforço realizado durante décadas fez da Costa Rica um exemplo. Hoje, o modelo de manejo florestal do país é considerado o melhor do planeta. O motivo, segundo o site “Good News Network”, é a estratégia de valorização da flora nacional através do pagamento do reflorestamento por meio do Payment for Environmental Service (PES) – Pagamento Por Serviço Ambiental, em tradução livre.

Em 1996, proibições rígidas foram estabelecidas na Costa Rica para recuperar as florestas, que tiveram 75% de seus territórios desmatados até então. Os programas de preservação foram iniciados no ano seguinte. As informações são do portal Hypeness.

As políticas públicas implementadas fizeram com que a floresta fosse tratada como uma companhia de serviços públicos. Na prática, empresas ou cidadãos que queiram desmatar uma área para usá-la para algum fim recebem dinheiro de um fundo governamental para que desista do desmate e mantenha a floresta em pé.

Com isso, 60% da Costa Rica está novamente coberta por florestas. A cada ano, o Fundo Florestal arrecada aproximadamente US$ 33 milhões (cerca de R$ 179 milhões) destinados à preservação ambiental.

Proprietários de terras que participaram do projeto já receberam cerca de US$ 500 milhões (aproximadamente R$ 2,7 bilhões) nos últimos 20 anos, o que serviu de incentivo ao plantio de sete milhões de árvores.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

FELICIDADE

TRATAMENTO MÉDICO

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>