Crime

Vinte cães são envenenados dentro de casa e oito deles morrem em Goiás

Denunciado à Secretaria de Meio Ambiente de Ceres, o caso foi encaminhado à Polícia Civil

Um dos cães envenenados em Ceres (Foto: Arquivo pessoal Anderson Pereira)
Um dos cães envenenados em Ceres (Foto: Arquivo pessoal Anderson Pereira)

Vinte cachorros foram vítimas de envenenamento na cidade de Ceres, em Goiás. Desses, oito não resistiram ao veneno e morreram. O caso foi denunciado e será investigado pela Polícia Civil.

Os outros 12 cães receberam socorro a tempo e conseguiram sobreviver. Tutor de cinco dos animais envenenados, o comerciante Anderson Pereira Feitosa, de 52 anos, afirma que eles ingeriram bolinhas de carne envenenadas.

“Duas da manhã eu ouvi os cachorros correndo para portão e uns passos de gente. Corri para ver e encontrei um dos cachorros babando. Ligamos para o veterinário, que orientou a dar carvão ativado para limpar o veneno. A gente ficou até o dia amanhecer tentando socorrer os cachorros”, contou ao G1.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Com a ajuda do veterinário, dois cachorros tutelados pelo comerciante foram salvos. Os outros três morreram.

“A gente vacina o cachorro, cuida, compra ração cara. Meu primo que mora aqui do lado, a cachorra era da avó, deitava na cama com ele, está muito abalado. A gente fica indignado. É triste, dói no coração da gente. É como se fosse uma pessoa da família”, desabafou.

A suspeita de Feitosa é que criminosos estejam matando os cachorros para furtar residências. “Houve uns furtos na cidade, e a gente sabe que cachorros ajudam a impedir”, disse.

O caso será investigado pelo delegado Matheus Costa Melo. Ao G1, ele afirmou que os tutores dos cães estão sendo procurados para que prestem depoimento.

A denúncia foi feita à Secretaria de Meio Ambiente de Ceres na última segunda-feira (27). Anderson e outros dois vizinhos foram os denunciantes.

O secretário Celso Henrique de Souza informou que a onda de envenenamentos ocorreu na madrugada do dia 21 de julho.

“Foram envenenados 20 cães em três residências, oito morreram. Foram envenenados com carne. Como não tem mais vestígios, foram enterrados. Estamos com posse de fotos e vídeos. Fizemos um relatório que foi repassado na manhã desta terça-feira para a Polícia Civil investigar”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui