Final feliz

Cão que chorava todo dia após ser abandonado em abrigo é salvo pela adoção

O amor que recebeu de sua nova tutora curou as dores que o cão viveu por ter sido abandonado por sua antiga família

Foto: Rumble / SavingCarsonShelterDogs
Foto: Rumble / SavingCarsonShelterDogs

Apaixonado por seus tutores, Blue King não suportou a dor de ser descartado por eles. Abandonado em um abrigo na Califórnia, nos Estados Unidos, o cachorro desenvolveu um quadro de depressão e parou de se alimentar. Não havia um único dia em que o pit bull não chorava.

A tristeza dele, no entanto, teve fim. Comovidos com o sofrimento do animal – que poderia acabar sendo morto, já que o abrigo onde ele foi deixado sacrifica animais saudáveis que não são adotados -, funcionários do local publicaram um vídeo de Blue nas redes sociais para tentar encontrar uma família disposta a adotá-lo.

Tocada pelas imagens, Jennifer McKay foi até o abrigo para conhecer o cão. “Ele parecia muito triste e deprimido. Todos os outros cães estavam fazendo contato visual e abanando o rabo, mas ele não se levantou, não veio me ver. Foi triste. Você poderia dizer que toda vez que alguém passava, era como se ele estivesse procurando pelos antigos tutores. É como se ele soubesse que havia sido deixado lá”, disse ao portal Rumble.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Foto: Rumble / SavingCarsonShelterDogs

A partir de então, a norte-americana passou a visitar o pit bull com frequência, na tentativa de criar um vínculo afetivo com o cão. Após um tempo, Jennifer acabou adotando Blue, que se transformou ao perceber que havia encontrado uma tutora para dividir a vida.

“Ele meio que me enganou. Eu esperava ter um cachorro relaxado e descontraído, mas assim que os portões se abriram no canil, ele ficou super empolgado. E ele adorava andar de carro. Ele queria enfiar a cabeça pela janela”, contou.

No novo lar, Blue redescobriu a felicidade. “Ele parece estar se sentindo em casa. Ele tem seu lugar no sofá”, concluiu a tutora.

Foto: Rumble / SavingCarsonShelterDogs

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui