Maus-tratos

Cão morre após ser abandonado e passar três dias preso dentro de saco

Debilitado e desnutrido, o cachorro foi encontrado com ferimentos repletos de larvas

Foto: Socorristas Animais/Reprodução
Foto: Socorristas Animais/Reprodução

Um cachorro morreu após ser vítima de um cruel abandono em Porto Velho, no estado de Rondônia. Deixado dentro de um saco de ração, ele ficou três dias nessa situação até ser resgatado pela Associação Socorristas Animais.

Nesta terça-feira (30), quatro dias após o resgate, o animal morreu. Voluntários da ONG afirmaram ao G1 que o número de animais abandonados cresceu por conta da crise financeira gerada pelo coronavírus.

“A gente tem notado maior abandono de animais doentes. A cada 100 animais, 40 são resgatados e 60 morrem. Esse cachorrinho foi jogado em um lugar que passa muita gente. O animal ficou três dias lá, muitas pessoas viram e não ajudaram”, disse Marcia Helena, uma das voluntárias da entidade.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Com feridas repletas de larvas que o comiam vivo, o cão foi encontrado desnutrido e debilitado. Diagnosticado com erliquiose, a chamada “doença do carrapato”, ele foi internado, mas não resistiu.

Foto: Socorristas Animais/Reprodução

O consolo dos voluntários da entidade é saber que ele “encontrou o amor nos últimos dias de vida”.

Para arcar com os gastos dos animais resgatados, a associação faz rifas e bazares e recolhe doações de ração, materiais de limpeza, lençóis e toalhas. Para ajudar, basta entrar em contato com a ONG através do telefone (69) 9 9203-9271 ou pelo Instagram.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui