Amor incondicional

Tutora luta para pagar cirurgia de cachorro que a ajudou a superar depressão

"Ele me deu força e coragem para seguir em frente, por isso faço de tudo para que ele tenha o melhor tratamento de saúde do mundo”, disse a tutora do bulldog inglês

Foto: Arquivo Pessoal / Priscilla Vasconcelos
Foto: Arquivo Pessoal / Priscilla Vasconcelos

Priscilla Vasconcelos, de 29 anos, teve sua vida salva por seu cachorro, que a ajudou a superar um quadro depressivo. Grata e completamente apaixonada pelo animal, ela agora luta para pagar uma cirurgia de alto custo que o cão necessita.

Moradora de Brasília, Priscilla contou ao portal “Amo Meu Pet” que o carinho de Peter Parker, como é chamado o bulldog inglês, a salvou.

“Peter é um anjo que veio parar em minha vida para me curar de todas as doenças que ousaram passar por mim. Sempre foi um cachorro dócil, obediente (às vezes), inteligente, sério, preguiçoso, mas muito, ‘muuuuuito’ carinhoso com todos”, contou.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Diagnosticado com um rompimento no ligamento cruzado da perna direita, o cão sente fortes dores e precisa ser submetido a uma cirurgia. O procedimento, no entanto, custa R$ 6 mil e a tutora não dispõe do valor.

Foto: Arquivo Pessoal / Priscilla Vasconcelos

A dificuldade financeira, porém, não é um impedimento para Priscilla, que está decidida a fazer tudo o que for preciso para conseguir o dinheiro. Para isso, ela tem feito hora-extra no trabalho, vendido produtos, realizando rifas. Uma “vaquinha” online também foi criada para arrecadar fundos para a cirurgia.

“Ele meio que caiu do céu para mim. Eu estava em um estado de depressão e ele veio como a cura, me ajudou muito no processo e se tornou meu animal terapêutico com o qual eu viajava. Ele me deu força e coragem para seguir em frente, por isso faço de tudo para que ele tenha o melhor tratamento de saúde do mundo”, revelou.

Foto: Arquivo Pessoal / Priscilla Vasconcelos

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui