São Paulo

Santuário cria campanha para ajudar vaca amputada

Rosangela Coelho: “Sua perna foi engessada, mas infelizmente não houve consolidação óssea, perdeu circulação e a amputação foi necessária"

O animal foi recolhido em via pública no dia 13 de junho, quando foi encontrado com o úbere ainda cheio de leite (Fotos: Santuário Filhos de Shanti)
O animal foi recolhido em via pública no dia 13 de junho, quando foi encontrado com o úbere ainda cheio de leite (Fotos: Santuário Filhos de Shanti)

O santuário de animais Filhos de Shanti, de Pindamonhangaba (SP), criou uma campanha para ajudar no tratamento de uma vaca atropelada e abandonada que teve de passar por amputação. O animal foi recolhido em via pública no dia 13 de junho, quando foi encontrado com o úbere ainda cheio de leite.

“Isso indica que fazia pouco tempo que ela foi separada do bezerro”, explica a fundadora do Filhos de Shanti, Rosangela Coelho, acrescentando que o autor não foi identificado.

Encontrada bastante machucada e incapaz de se levantar, a vaca que recebeu o nome Mahara sofreu fratura grave, rompimento de artéria e passou por cirurgia.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Sua perna foi engessada, mas infelizmente não houve consolidação óssea, perdeu circulação e a amputação foi necessária. Mahara, no entanto, deseja viver e luta por sua vida, anda pelo santuário já adaptada, mas a prótese é necessária. As despesas médicas já passam de cinco mil reais e ainda teremos um longo caminho a percorrer”, informa Rosangela.

Ela acrescenta ainda que a resistência da vaca é uma prova do quanto o animal deseja viver. “Mahara nos encanta com sua superação.”

Contribuições podem ser feitas na conta abaixo:

Caixa econômica Federal
Agência: 1817
Operação: 013
Conta Poupança: 18850-2
CPF: 31801126895
Rosangela A Coelho

Ou entrando em contato com o Santuário Filhos de Shanti:

Facebook

Instagram


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui