Crimes

Mulher que mantinha mais de 100 animais em chácara é presa por tráfico e maus-tratos

Mais de 100 roedores, um macaco-prego, três saguis, dois jabutis e três tartarugas da espécie tigres-d'água foram encontrados em uma chácara

 Polícia Militar Ambiental/Divulgação
Polícia Militar Ambiental/Divulgação

Uma mulher de 39 anos foi presa em flagrante por tráfico de animais silvestres em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, na última sexta-feira (17). Ela também responderá pelo crime de maus-tratos.

Em uma chácara, foram encontrados animais silvestres e mais de 100 roedores. Eles eram mantidos de maneira irregular e foram resgatados.

O caso foi descoberto graças a uma denúncia anônima, conforme informou a Secretaria de Segurança Pública em entrevista à revista Veja. Ao chegar na propriedade, os policiais foram recebidos pela mulher, que tentou esconder os animais.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

No local, eram mantidos em cativeiro um macaco-prego, três saguis, dois jabutis e três tartarugas da espécie tigres-d’água. Os policiais encontraram ainda mais de 100 roedores e um canário-do-reino sem vida.

Resgatados, os animais foram levados a uma unidade de proteção para que possam receber os cuidados adequados. A responsável por traficá-los e maltratá-los foi encaminhada à delegacia e responderá pelos crimes que cometeu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui