Amor paternal

Cachorro adota filhote de gambá levado a santuário após morte de sua mãe

Nas costas do cachorro, o gambá passeia pelo santuário e não desgruda daquele que o trata como um verdadeiro filho

Foto: Reprodução Youtube / Myrtle Beach Safari / Rare Species Fund
Foto: Reprodução Youtube / Myrtle Beach Safari / Rare Species Fund

O destino de um gambá recém-nascido teria sido trágico não fosse o Rare Species Fund, santuário para animais nos Estados Unidos. Órfão, o filhote foi encontrado sozinho após sua mãe morrer em decorrência de um atropelamento.

O que o pequeno gambá não esperava, no entanto, era encontrar em seu novo lar o mesmo acolhimento que recebia de sua mãe. No santuário, Poncho, como foi batizado, foi adotado por Hantu, um cachorro que não se importou com as diferenças entre as espécies e passou a cuidar do filhote.

A aproximação entre os dois foi permitida para que Poncho não se sentisse solitário. E o cachorro, que nunca havia cuidado de filhotes antes, se apaixonou pelo gambá, estabelecendo com ele uma relação paternal.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Foto: Reprodução Youtube / Myrtle Beach Safari / Rare Species Fund

O carinho de Hantu permitiu que o filhote se sentisse novamente seguro e amado, o que o ajudou a se desenvolver apesar de seu passado trágico.

Inseparável, a dupla não desgruda um só minuto. Nas costas do cachorro, o gambá passeia pelo santuário – cena que se repete desde à chegada de Poncho ao local, quando ainda era um recém-nascido, até os dias atuais, com o gambá já adulto.

A história dos dois é uma verdadeira lição aos humanos sobre o enfrentamento a qualquer diferença, já que serem de espécies distintas nunca os impediu de criar um laço de amor indestrutível.

Foto: Reprodução Youtube / Myrtle Beach Safari / Rare Species Fund

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui