Ativistas dizem ter sido impedidos de salvar 54 animais mortos em incêndio

Mariana
julho 20, 2020

Miguel Pereira/Global Imagens

Um incêndio florestal atingiu um abrigo de animais em Portugal e matou 52 cachorros e 2 gatos no último final de semana. Ativistas e moradores da região afirmam ter sido impedidos de entrar no local para prestar socorro aos animais.

A Câmara de Santo Tirso informou que 110 cachorros vivos foram resgatados no último domingo (19) após as chamas serem controladas e que vários animais foram salvos enquanto o fogo ainda se alastrava. O incêndio teve início no sábado (18) em Sobrado, no Valongo, e avançou até Agrela.

Nas redes sociais, a Câmara afirmou que a dimensão do incêndio e a grande quantidade de animais “impediram que tivesse sido possível resgatar todos os animais com vida”.

Após protetores de animais e moradores denunciarem que foram impedidos de socorrer os animais durante a madrugada, a Guarda Nacional Republicana (GNR) disse que o incêndio havia sido controlado e que a área onde o abrigo está instalado é particular. A GNR afirmou ainda que os animais feridos já tinham sido resgatados e que as mortes não foram causadas pelo impedimento do acesso ao local determinado pelos guardas.

No domingo, durante o dia, voluntários prestaram atendimento a alguns animais dentro do abrigo atingido pelo fogo. O caso será denunciado ao Ministério Público por crime contra animais. A denúncia será efetuada pelo partido político PAN, do qual faz parte a deputada Bebiana Cunha, que esteve no local para acompanhar a situação.

O partido contesta a decisão dos responsáveis pelo terreno de impedir a entrada das pessoas interessadas em socorrer os animais.

“Tudo isto se torna ainda mais absurdo quando é do conhecimento público que estes dois espaços há muito estão identificados junto das autoridades locais por estarem em funcionamento de forma ilegal e terem ainda queixas por maus-tratos a animais”, denunciou o PAN.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Você viu?

Escute Foto: Instagram @saminthewild_

Escute Pixabay O aquecimento

Escute Pixabay Os guepardos

Escute Shutterstock Fernanda* tem

Escute Divulgação A grande

Pixabay Líderes mundiais estão

Pixabay Fornando Tortato normalmente

Ativistas em defesa dos

Lincoln e seu amigo

Escute Pixabay Uma superenzima


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>