Luto

Expressão facial de canguru expõe dor ao velar companheira e filhote atropelados

A Sociedade Australiana de Cangurus informou que os cangurus são apegados à família e que, por isso, sofrem quando perdem entes queridos

Divulgação/Australian Society for Kangaroos
Divulgação/Australian Society for Kangaroos

Um canguru vivenciou a dor de perder sua companheira e seu filhote, vítimas de um atropelamento na Austrália. O momento em que o animal vela os corpos foi registrado em uma imagem comovente que revela o sofrimento nítido em sua expressão facial.

Dois agentes que atuam no resgate a animais silvestres se sensibilizaram com a cena. Consternado, o canguru ficou ao lado da fêmea e do filhote de seis meses que estava em sua bolsa e que, apesar de ter sido resgatado com vida, não sobreviveu.

O atropelamento aconteceu em uma estrada na cidade de Yarra Glen, a cerca de 40 quilômetros de Melbourne. De acordo com a Sociedade Australiana de Cangurus e com o jornal Daily Mail, a foto foi feita pela equipe logo após a chegada ao local.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

A entidade de proteção animal afirmou que os cangurus são apegados à família e possuem estruturas sociais complexas. Por isso, é comum que eles cuidem uns dos outros e se entristeçam com a morte de seus entes queridos.

Responsáveis pela fotografia tocante, os agentes Vicki Lloyd-Smith e Pam Rixon levaram o filhote de canguru a um abrigo de vida selvagem localizado nas proximidades da estrada onde o acidente ocorreu. Floyd, como foi batizado, recebeu cuidados iniciais, mas não resistiu aos ferimentos.

A associação pediu que os australianos se conscientizem e tenham cautela ao dirigir, já que muitos cangurus têm sido vítimas de atropelamento, especialmente à noite, quando a visibilidade é menor.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui