Animais maltratados e mortos são encontrados em casa de suspeito de decepar patas de pit bull Sansão


Reprodução/Facebook/Noraldino Júnior

O deputado estadual Noraldino Júnior (PSC-MG) encontrou animais maltratados e mortos na casa de um dos homens investigados pelos maus-tratos cometidos contra Sansão, o pit bull que foi amordaçado com arame farpado e teve suas patas traseiras decepadas em Confins, no estado de Minas Gerais.

Com o apoio da Polícia Militar, Noraldino entrou no imóvel e resgatou os animais sobreviventes. Alguns deles, porém, já foram encontrados mortos. “Tem pintinho que estava morrendo, no calor, por falta de água. Todos os animais com sede, animais acorrentados em correntes minúsculas”, afirmou o político em vídeo publicado em sua página no Facebook.

Foram resgatados dois gatos, dois cachorros, duas galinhas, um galo e muitos pintinhos. “Animais vítimas de maus-tratos e acorrentados, inclusive animais mortos”, afirmou Noraldino. “Todos serão levados para uma vida digna e longe do agressor. Que bom que chegamos a tempo”, completou.

Reprodução/Facebook/Noraldino Júnior

O parlamentar defendeu a punição do homem. “Vamos aplicar a minha lei 22231/16, para multá-lo por cada caso de maus-tratos encontrado. E continuaremos em busca de justiça pelo que ele fez com o Sansão”, disse.

Dentre os registros feitos no local, destaca-se a foto de um pintinho que aparenta estar morto e de um cachorro com uma marca no pescoço que, segundo o deputado, é resultado de uma vida acorrentado.

“Não queremos que estes animais corram riscos de serem tutelados por um bandido. Na foto, você pode ver a triste realidade de um dos animais que tem o pescoço ‘cravejado’ pela coleira, de tanto que fica preso na corrente”, concluiu.

Reprodução/Facebook/Noraldino Júnior

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>