Nova lei prevê multa de R$ 10 mil para punir rinhas de animais no DF


Cão explorado em rinha (Foto: Marcelo Assunção/TV Gl

Nesta terça-feira (7), foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) a nova lei que pune rinhas de animais. A prática já era proibida por legislação no DF, mas agora teve alteração no valor da multa.

Com a sanção do projeto de lei por parte do governador Ibaneis Rocha (MDB), a multa, que antes era de 1 a 40 salários mínimos, não pode ser inferior a 10 salários mínimos.

No valor atual, a multa aplicada aos organizadores de rinhas seria de, no mínimo, R$ 10.450. A nova legislação altera o artigo 2º da Lei nº 4.060, de 18 de dezembro de 2007, que estabelecia os valores antigos.

Além da multa, a medida sancionada pelo governador mantém as demais punições previstas na lei anterior. São elas: advertência, interdição parcial ou total de estabelecimento ou atividade, suspensão ou cancelamento da licença ambiental do estabelecimento, apreensão e perda ou restrição de incentivos e benefícios fiscais concedidos pelo Governo do Distrito Federal.

O deputado Daniel Donizet (PSDB), autor da nova lei, criticou a crueldade das rinhas – que têm galos e pit bulls como principais vítimas – e defendeu os animais.

“A diversão mórbida à custa dos animais é um absurdo. A sociedade já evoluiu o bastante para abolir atividades como essa”, disse o parlamentar Jornal de Brasília.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>