Austrália

Ornitorrinco morre após ser sufocado por elástico de cabelo

Reprodução | Facebook

Todd Dent e Javier Pastor passeavam tranquilamente no parque de Wappa Falls, em Queensland, onde há uma bela e preciosa flora, um lago e muitos animais silvestres que desfrutam daquele habitat, quando foram surpreendidos por uma triste e terrível imagem: um ornitorrinco morto com um elástico de cabelo ao redor do seu pescoço.

Após vencer o susto, os amigos registraram uma foto e postaram no Facebook com uma mensagem de conscientização. “É o que acontece quando você deixa um pouco de lixo em qualquer lugar e acha que isso não importa”, disse Javier, esclarecendo que o animal provavelmente morreu sufocado com a presilha elástica pressionando seu pescoço.

A postagem rendeu intensa mobilização. Muitos comentários ressaltaram o quanto seres humanos são egoístas e sem educação e que por conta da indiferença de algumas pessoas à natureza, o pobre ornitorrinco sofreu uma morte terrível e um sofrimento profundo porque alguém não descartou o lixo como deveria.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Um porta-voz do Departamento de Meio Ambiente afirma que a morte do animal silvestre é, infelizmente, “um triste lembrete” do impacto que o lixo causa na vida selvagem. Ele afirma ainda que o caso não é inédito, mas que os visitantes do parque são orientados a descartar corretamente todo o lixo e objetos pessoais que carregam.

Não há lixeiras em Wappa Falls para evitar que animais silvestres consumam restos de alimentos ou produtos plásticos. “Os animais selvagens que se alimentam regularmente de restos de comida podem se habituar e potencialmente perder a vontade de procurar comida”, disse. A recomendação é o que lixo seja reservado pelo visitando e descartado fora do parque.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui