Promessa descumprida

Deputado cobra do governo criação de secretaria em prol dos animais

Célio Studart justifica que a pandemia de covid-19 intensificou um problema que já era alarmante em todo o país

Célio Studart lembrou que Jair Bolsonaro prometeu criação da pasta em campanha eleitoral e reiterou promessa em julho de 2019 (Fotos: Sérgio Lima/Poder360/Agência Câmara)
Célio Studart lembrou que Jair Bolsonaro prometeu criação da pasta em campanha eleitoral e reiterou promessa em julho de 2019 (Fotos: Sérgio Lima/Poder360/Agência Câmara)

O deputado federal Célio Studart (PV-CE) voltou a cobrar do governo a criação da Secretaria de Proteção Animal, conforme prometido por Jair Bolsonaro na campanha eleitoral e reiterado em julho de 2019. Até agora nada foi feito.

Ontem (12), o parlamentar encaminhou uma indicação ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, a respeito do assunto. No documento, Célio alerta que, desde o surgimento dos primeiros casos de Covid-19 no Brasil, aumentaram em larga escala os índices de abandono e maus-tratos a animais pelo país.

“O medo, ocasionado em especial pela distribuição de notícias falsas, fez com que milhares de animais fossem largados à própria sorte nos centros urbanos, quando não mutilados, maltratados ou até assassinados por seus tutores”, afirma o deputado. Ou seja, a pandemia intensificou um problema que já era alarmante em todo o país, diz Célio.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Cobranças anteriores

No ano passado, em duas audiências públicas na Comissão de Meio Ambiente, o deputado questionou o ministro sobre este assunto. Na primeira, em 10 de abril, Ricardo Salles descartou a instituição do órgão, alegando que a diretriz do governo era “enxugar a máquina”. Em outubro, o ministro deu uma resposta vaga e disse que a secretaria seria criada se fosse uma decisão do presidente.

Reprodução

No entanto, em julho daquele ano Jair Bolsonaro reiterou a promessa de campanha por meio do Twitter. Em mensagem postada no dia 29, o presidente escreveu que no mês seguinte criaria a Secretaria dos Animais “para atender a esses que nos são tão caros”. No entanto, descumpriu sua palavra.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui