Sustentabilidade

Cooperativa de mulheres produz sabonetes vegetais no Amazonas

"Hoje a cooperativa é formada por 43 pessoas e temos capacidade para produzir até 600 sabonetes artesanais por dia”

Reprodução

Fundada por um grupo de mulheres em Silves, no Amazonas, cidade com menos de dez mil habitantes, a Associação Vida Verde da Amazônia (Avive) produz de forma artesanal cinco tipos de sabonetes de origem vegetal que vem chamando a atenção no estado.

A iniciativa surgiu como alternativa econômica baseada na extração sustentável de óleos aromáticos a partir de plantas e árvores nativas como melão-de-são-caetano, cumaru, copaíba, andiroba e pau-rosa.

Segundo a Avive, que também comercializa incensos de breu, óleos, resinas e velas vegetais, a produção se sustenta em tecnologia de baixo impacto integrada a ações de conservação.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Fabricamos sabonetes glicerinados de diferentes tamanhos com óleo essencial e 100% natural, que vem direto dos locais de extração”, informa a diretora de coordenação de projetos da Avive, Leliane Almeida. Os preços variam de R$ 3 a R$ 8,20.

Avive capacita produtores nas comunidades

O trabalho é realizado a partir da Cooperativa de Produtos Naturais da Amazônia (Copronat), fundada pela Avive com o propósito de valorizar o extrativismo sustentável.

“Fazemos um trabalho de monitoramento e capacitação de produtores nas comunidades. Hoje a cooperativa é formada por 43 pessoas, incluindo homens, e temos capacidade para produzir até 600 sabonetes artesanais por dia”, explica Leliane.

E acrescenta: “Nossos produtos [que são livres de testes em animais] estão à venda na Galeria Amazônia em Manaus, mas também enviamos pelos Correios.”

Com a boa receptividade, a associação já faz planos. “Planejamos criar novos produtos com novas essências.”

Além de estimular a capacidade empreendedora das mulheres e valorizar os pequenos produtores por meio da Copronat, a Avive, que mantém uma página no Facebook, desenvolve um trabalho social voltado à educação ambiental e cidadania.

Saiba mais

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em Silves há pelo menos 500 estabelecimentos rurais e 30% são comandados por mulheres.

Como comprar

WhatsApp: (92) 99410-1351

E-mail: [email protected]


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui