Final feliz

Cão é adotado após ficar um mês em unidade de saúde à espera de tutor que morreu

A fidelidade e o amor de Grandão ao seu tutor comoveu uma moradora da cidade, que decidiu adotá-lo

Reprodução/Facebook/Capão Atento
Reprodução/Facebook/Capão Atento

Um cachorro que esperou durante um mês pelo tutor em frente a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em São Paulo gerou comoção suficiente para mudar seu destino, garantindo a ele um recomeço através da adoção.

O tutor de Grandão, como foi apelidado o cão, foi levado à UBS do Parque Santo Antônio em estado grave. Após ser transferido para o Pronto Socorro de Campo Limpo, ele acabou morrendo. O animal, no entanto, nunca cogitou sair de frente da unidade de saúde, na esperança de rever seu companheiro que ele tanto amava.

A fidelidade e o amor incondicional do cachorro, que recebeu água e comida de funcionários e pacientes da UBS enquanto esteve no local, tocou o coração de Neilde Mendes, que decidiu adotá-lo.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O final feliz de Conrado – nome que sua nova tutora deu a ele – foi possível graças a uma publicação feita nas redes sociais pela página Capão Atento, que rendeu 3 mil curtidas, 1,5 compartilhamentos e quase 700 comentários. A corrente de solidariedade formada no Facebook rendeu bons frutos e garantiu uma nova chance para o cão, que agora viverá feliz em seu novo lar.

Reprodução/Facebook/Capão Atento

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui