Húngaros criam alternativa ao salame com banana e linhaça


(Fotos: iStock/Plantcraft)

A startup húngara Plantcraft, fundada por Kati Ohens e Csaba Hetenyi, assumiu o desafio de produzir alternativas mais saudáveis aos embutidos. Seus produtos têm quase oito vezes menos sódio do que as versões tradicionais de origem animal, além de contarem com gorduras boas – como linhaça e óleo de semente de uva.

O salame italiano, por exemplo, que normalmente conta com cerca de 1650 miligramas de sódio a cada porção de 80 gramas, na versão da Plantcraft não ultrapassa 210 miligramas. Na mesma esteira, estão também seus dois patês nos sabores picante e suave que, segundo a empresa, são livres de aditivos e alérgenos.

Mas provavelmente você está querendo saber do que são feitos esses produtos. Os ingredientes utilizados pela empresa húngara são farinha de banana verde, linhaça, proteína de ervilha e óleo de semente de uva, além de ervas e alho.

“O futuro dos alimentos está nos vegetais”

“O futuro dos alimentos está nos vegetais e há mais do que o suficiente para nossa crescente população. Nós apenas precisamos usar a criatividade para produzir alimentos que são bons para nós e para o planeta, mas também saborosos e acessíveis”, disse Csaba Hetenyi à Incubadora ProVeg.

Sobre a escolha da farinha de banana verde como um dos ingredientes principais, ele sustenta que ajuda a aumentar a absorção dos nutrientes, melhorar a digestão e reduzir a pressão arterial, assim como favorecer as atividades metabólicas.

Outro importante ingrediente, o óleo de semente de uva utilizado nos produtos veganos da Plantcraft é produzido a partir de sementes de uva descartadas na produção de vinho na Hungria.

“É tão rico em ácidos graxos ômega-6 e vitamina E que as pessoas o usam como um produto de beleza natural. Nós o usamos em nossas [linguiças] calabresas à base de plantas”, observou Kati Ohens.

Plantcraft recebeu apoio de incubadora para empresas veganas

A Plantcraft é mais uma startup que recebeu o apoio da Incubadora da ProVeg International, que ajuda a alavancar empresas veganas na Europa.

Muitas empresas iniciantes que querem atender à crescente demanda por novos produtos veganos acham difícil entrar nesse mercado. Em muitos casos, há falta de recursos financeiros, know-how ou infraestrutura”, informou o CEO da ProVeg, Sebastian Joy.

E acrescentou: “Por isso, a Incubadora ProVeg oferece suporte a empresas iniciantes no desenvolvimento de seus produtos e em todas as etapas do processo de entrada no mercado.” Para participar, não é preciso saber falar alemão, mas sim inglês.

Com o objetivo de ajudar a transformar a indústria de alimentos, a ProVeg recebe inscrições de empresas interessadas em ingressar na incubadora. Quem for aceito recebe uma ajuda inicial equivalente a R$ 113 mil com potencial para investimentos adicionais de aproximadamente R$ 170 mil e até mais de R$ 1 milhão após a conclusão do programa de incubação que tem duração de três meses.

Em menos de dois anos, a incubadora da ProVeg já ajudou mais de 30 startups de 16 países, que juntas arrecadaram mais de R$ 45 milhões em investimentos e lançaram mais de 40 produtos veganos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?

DESPEDIDA

RETROCESSO

FINAL FELIZ

CRIMES

ENCALHE

LIVRE DE PRECONCEITOS

CRIME

POLUIÇÃO

EXPLORAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>