Cão agredido com golpe de facão é diagnosticado com fratura no crânio


Foto: Evandro Almeida/Arquivo Pessoal

Thor, o cachorro que foi agredido com um golpe de facão em Ceilândia, no Distrito Federal, foi submetido a um exame de raio-x que o diagnosticou com uma fratura no crânio. O cão segue internado em uma clínica veterinária.

Tutor do animal, Evandro da Silva Almeida apontou um vizinho como o responsável pela agressão, ocorrida na última terça-feira (16). O caso é investigado pela Polícia Civil.

Após ser socorrido, o cão foi submetido a uma cirurgia. Mas a fratura, segundo o tutor, só foi diagnosticada na última quarta-feira (17). O animal está se recuperando, mas ainda precisará de uma tomografia para que seja verificado se houve lesão cerebral.

“Espero que tudo isso passe logo e que ele volte pra casa bem e nossas vidas voltem ao normal. Esses últimos dias estão bem intensos e tensos pra nossa família”, contou ao G1.

Entenda o caso

Evandro da Silva Almeida contou que Thor foi agredido por um vizinho após se soltar da corrente durante a noite e brigar com outro animal que estava na casa ao lado. A fuga foi possibilitada por conta da ausência de muro na residência, localizada em uma região de chácaras.

“Quando o vizinho ouviu a briga, saiu de casa e começou a xingar a mim e ao meu cachorro”, disse Evandro ao G1. “Em nenhum momento Thor foi para cima ou atacou esse homem”, completou. Segundo ele, em seguida outro cachorro surgiu e uma nova briga entre os animais se iniciou.

“Nesse tempo o homem já tinha ido na casa dele e voltado com um facão e dado uma pancada na cabeça do meu cachorro e aí abriu a cabeça dele”, relatou.

A Polícia Militar foi acionada e, após aguardar o socorro ao cachorro, ouviu os envolvidos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>