Jovens forçam gato a consumir maconha e são detidos pela polícia no Paraná


Foto: DPMA

Dois jovens forçaram um gato a consumir maconha em Curitiba, no Paraná, e foram detidos pela polícia. O animal, que vivia em uma casa no bairro Sítio Cercado, foi resgatado e encaminhado a um lar temporário. Os agentes resgataram ainda um cachorro que também era submetido a maus-tratos.

A ação foi realizada na última sexta-feira (19) pela Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). Os animais foram examinados por especialistas após o resgate.

O caso, investigado há alguns dias, foi descoberto por conta de uma denúncia. Os jovens forçaram o gato a consumir maconha através da alimentação e também ao soprar a fumaça do cigarro em direção ao animal. Um vídeo registra o crime.

“Ao chegar na residência, presenciamos tudo o que foi relatado na denúncia. Explicaram que era uma brincadeira, mas não é por aí. Isso implica em maus-tratos e cabe punição aos envolvidos”, explicou o delegado Matheus Araújo Laiola, em entrevista ao jornal Tribuna PR.

Foto: DPMA

Um dos autores do crime, que é menor de 18 anos, foi encaminhado à Delegacia do Adolescente. A mãe dele também foi detida, mas por maus-tratos ao cão encontrado em sua casa. Assim como o rapaz de 19 anos envolvido no crime contra o gato, a mulher foi levada à DPMA.

Com um ferimento na região dos olhos, o cachorro maltratado pela família estava em situação deplorável, com o pelo repleto de nós e sujeira.

“Ela [a mãe do jovem] disse que não tinha conhecimento do que se fazia com o gato e, em relação ao cachorro, negou que estivesse fazendo algo de errado. Mas ela pode ser punida de maneira igual ao do rapaz de 19 anos por maus-tratos”, disse Laiola.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>