Filhote de porco que seria morto para consumo encontra um novo lar

Mariana
June 17, 2020

Foto: Arquivo Pessoal / Karen Acoveno

Um filhote de porco teve sua vida salva após encontrar um lar nos Estados Unidos. Albert, como é chamado o animal, vivia em uma fazenda com sua mãe e seus quatro irmãos. Explorado para consumo humano, seu destino seria a morte – o que só não aconteceu graças a um homem que acolheu o filhote.

Fundador do Skylands Animal Sanctuary and Rescue, de Wantage, nos Estados Unidos, Mike revelou ao portal The Dodo que o rapaz comprou o porquinho, mas não para matá-lo. Seus irmãos, no entanto, não tiveram a mesma sorte.

Quando tinham três semanas de vida, todos os filhotes foram vendidos. Os irmãos de Albert foram levados por homens que pretendiam matá-los para consumir sua carne. Ao contrário do pequeno porquinho, que teve uma segunda chance na vida.

“Até onde eu sei, quatro deles compraram leitões para matá-los, e apenas um não”, disse Mike ao portal The Dodo. “Um homem comprou Albert para acolhê-lo, e não para matá-lo”, completou.

Foto: Arquivo Pessoal / Karen Acoveno

Albert foi viver com um casal de fazendeiros. “Infelizmente, ele nunca mais viu a mãe, mas ao menos está sendo bem tratado e amado nesse novo lar. Lamento pelos irmãos dele, que não tiveram a mesma sorte”, disse Mike.

Repleto de amor e cuidados, Albert ganhou até um cobertor, no qual fica enrolado. “Ele nem tenta fugir, o que é engraçado porque os porcos não gostam de ser apanhados às vezes. Mas ele gosta de ser abraçado. Ele parece gostar de pessoas”, concluiu Mike.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Você viu?

Em busca de companhias,

Fonte: g1.globo.com Uma das

Pixabay Aproximadamente 50 ativistas

Grupo de guardas ambientais

Foto: Reprodução Youtube /

Reprodução/Instagram/@osindefesos Três cachorros tiveram

The Dodo Onyx e

Foto: Reprodução/GRAD A destruição

Foto: Pixabay A tradição

Notícias | Você é o repórter | Histórias felizes | De olho no planeta


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
>