Liberdade

Veja momentos da chimpanzé Cecília no santuário do GAP

A chimpanzé Cecília, hoje com 22 anos, ficou conhecida em abril de 2017, quando foi transferida do zoológico de Mendoza, na Argentina, para o Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba, em São Paulo (afiliado ao Projeto GAP). Ela foi o primeiro chimpanzé do mundo que usufruiu na prática do direito de viver em um santuário, concedido por meio de um Habeas Corpus, um instrumento jurídico, até então, exclusivamente humano.

Cecília se adaptou muito bem à rotina do santuário e quatro meses depois já estava totalmente integrada e dividindo o recinto com o macho Marcelino, com quem vive muito bem até hoje.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O recinto principal de Cecilia e Marcelino tem ligação direta com outros quatro recintos diferentes. “Fazemos sempre mudanças de recintos para os chimpanzés para aumentar o espaço de cada um. Além disso ainda há estruturas de túneis e passarelas disponíveis”, explica a Dra. Juliana Kihara, veterinária do santuário.

Confira abaixo alguns momentos de Cecília e Marcelino no santuário:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui