Atrocidade

Nova lei de Trump autoriza caçadores a matar filhotes de ursos e lobos

A legislação, que deve ser publicada nesta semana, permite que os animais sejam mortos até mesmo dentro de suas tocas

Pixabay/272447/Imagem Ilustrativa
Pixabay/272447/Imagem Ilustrativa

Em um ato que atenta contra os direitos animais, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está finalizando uma nova lei que permitirá a matança de ursos, lobos e de seus filhotes no Alaska.

As novas medidas contidas na legislação retiram dos animais qualquer possibilidade de se protegerem da caça, já que agora os caçadores poderão tirar a vida dos ursos e lobos mesmo quando eles estiverem dentro de suas tocas.

Práticas de caça a animais silvestres bastante criticadas, como atraí-los usando alimentos (donuts, por exemplo), foram banidas durante o governo Obama e agora serão alteradas pelo Serviço Nacional de Parques dos Estados Unidos sob ordem de Trump.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Porta-voz dos parques no Alaska, Peter Christian afirmou ao jornal Anchorage Daily News que as mudanças permitirão que caçadores matem ursos pretos – inclusive filhotes e mães com filhotes -, e que usem iscas para atrair os ursos pardos.

Coiotes também poderão ser mortos, além dos caribus, animais parecidos com renas, comuns no Alaska. O governo promete publicar a nova lei ainda nesta semana.

Divertimento sádico e cruel

A caça a animais silvestres é uma prática antiética executada por pessoas que enxergam os animais como objetos a serviço dos seres humanos, e não como seres vivos dignos de respeito.

No mundo atual, a maior parte das caçadas são realizadas como forma de entretenimento. Uma diversão sádica e repleta de crueldade que revela a sordidez do caçador, que se acha no direito de invadir o habitat do animal, que é seu lar, para submetê-lo a sofrimento.

Pixabay/Free-Photos/Imagem Ilustrativa

No caso da medida em elaboração nos Estados Unidos, a atrocidade é ainda maior, já que Trump coloca na mira das armas de fogo os seres mais vulneráveis do reino animal: filhotes. E não poupa também suas mães.

A desumanidade é tamanha que a medida permite que os animais não sejam “apenas” mortos, mas também enganados. Ao serem atraídos por iscas, os ursos se aproximam dos caçadores acreditando que irão se alimentar. Ficam ainda mais vulneráveis e são traídos pelos humanos que os enganaram para depois matá-los com frieza assustadora.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui