Inusitado

Macacos entram em laboratório e levam amostras de sangue com coronavírus na Índia

Não há evidências de que os macacos podem contrair o coronavírus ao entrarem em contato com sangue infectado

Reprodução/Pixabay/Devanath/Imagem Ilustrativa
Reprodução/Pixabay/Devanath/Imagem Ilustrativa

Macacos entraram em um laboratório na Índia e fugiram levando amostras de sangue de pacientes com coronavírus. O caso foi revelado na última sexta-feira (29) por autoridades indianas.

As amostras foram levadas enquanto um técnico de laboratório transitava pelo campus de uma universidade médica estatal localizada na cidade de Meerut, a 460 quilômetros ao norte de Lucknow, capital do Estado de Uttar Pradesh.

“Macacos agarraram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes de Covid-19 que estão em tratamento… tivemos que tirar amostras de sangue de novo”, contou à agência de notícias Reuters o doutor S. K. Garg, autoridade graduada da universidade.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Segundo Garg, não há evidências de que os macacos podem contrair o coronavírus ao entrarem em contato com sangue infectado. “Não tem se encontrado indícios de que macacos podem contrair a infecção”, disse Garg.

A presença de macacos em centros urbanos tem se tornado cada vez comum na Índia. Ambientalistas explicam que isso se deve à destruição do habitat desses animais, o que os força a migrar para áreas urbanas em busca de alimento e abrigo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui