Crueldade

Cão é arremessado por cima de muro e vídeo que registra o crime gera revolta

Apesar dos maus-tratos sofridos, o cachorro foi resgatado sem ferimentos e está sob os cuidados de um veterinário

Foto: Prefeitura de Placas/Divulgação
Foto: Prefeitura de Placas/Divulgação

Um cachorro foi arremessado por cima de um muro na cidade de Placas, no Pará. Apesar dos maus-tratos, o animal não sofreu nenhum tipo de ferimento e foi resgatado. O responsável pelo crime foi identificado.

O caso revoltou internautas após um vídeo, que registra o ato brutal cometido contra o cão, ser divulgado na internet (veja as imagens abaixo). O vídeo mostra o homem segurando o animal pelo pescoço e próximo ao rabo. Em seguida, ele arremessa o cão, que cai do outro lado do muro a uma altura de aproximadamente quatro metros. As pessoas presentes no local dão risada.

O crime aconteceu no dia 22 de maio, no Centro do município, e o vídeo foi divulgado no último domingo (24). Segundo informações do G1, uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar permitiu que o agressor do animal fosse identificado. Rafael Lambert Cavalheri, de 30 anos, confessou o crime, que ocorreu durante um churrasco entre amigos, realizado meio à pandemia de Covid-19.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O caso passou a ser investigado após denúncia anônima. Quando a polícia chegou no local do crime, as pessoas que estavam na casa tentaram se esconder. No entanto, Rafael acabou detido. Levado à delegacia, ele prestou depoimento. Ao confessar o crime, o agressor não apresentou nenhuma justificativa para o ato.

Foto: Reprodução/Vídeo

Além de Rafael, que responderá por maus-tratos a animais, as outras pessoas que estavam na residência responderão por omissão. Elas ainda irão prestar depoimento à polícia.

Por se tratar de um crime considerado pelo ordenamento jurídico como de menor potencial ofensivo, maus-tratos a animais não cabe prisão em flagrante. Por isso, o agressor foi liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e não foi multado.

Resgate após maus-tratos

Apesar do sofrimento que viveu, o cachorro não sofreu ferimentos. Num primeiro momento, a polícia procurou o animal e não o encontrou. O animal, porém, foi resgatado e está sob os cuidados de um veterinário.

Foto: Prefeitura de Placas/Divulgação

O animal estava dentro do quintal da casa onde o crime ocorreu, mas não era tutelado por ninguém. Acredita-se que ele vivia em situação de rua e tenha entrado na residência à procura de comida. Faminto, ele foi agredido ao invés de ser acolhido e alimentado.

Após tomar conhecimento sobre o caso, a Prefeitura do município de Placas se pronunciou. A administração pública afirmou que o ato foi “impensado e desumano” e que o agressor não é morador da cidade. Rafael mora em Uruará, no Pará.

Confira o vídeo abaixo (as imagens são fortes):

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Fred Costa (@fredcostadep) em


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui