Apelo

Afetado pela pandemia, jovem que mantém 90 cães pede ajuda para os animais

Edwin Salvando Huellas pede que as pessoas adotem os cães e o ajudem financeiramente para que ele possa comprar ração

Foto: Facebook / Edwin Salvando Huellas
Foto: Facebook / Edwin Salvando Huellas / Portal Amo Meu Pet

Edwin Salvando Huellas mantém 90 cachorros em sua casa no Peru, todos resgatados das ruas. Mantê-los, no entanto, tornou-se um desafio cada vez maior, especialmente com a chegada da pandemia de Covid-19.

Sem condições financeiras e impossibilitado de sair de casa para conseguir recursos, Huellas cumpre a quarentena em completo desespero, sem saber até quando conseguirá alimentar os cachorros.

Através das redes sociais, ele pediu a ajuda de internautas para alimentar os cães e encontrar novos lares para cada um deles. Para o jovem, a adoção dos animais é a maneira mais segura de garantir que eles não passarão fome. As informações são do portal Amo Meu Pet.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Foto: Facebook / Edwin Salvando Huellas

“Há 90 cães que gostariam de ser adotados. A verdade é que eu não posso mais. A comida está acabando e não podemos mais. Eu gostaria de pedir seu apoio. Se você quiser adotá-los, vá em frente. Eu também estou um pouco delicado em saúde, então não consigo lidar com tudo”, afirmou Huellas, em um vídeo publicado no Facebook.

“É muito difícil alimentar 90 cães e não posso mais dar a eles a comida necessária por razões econômicas. Agora, se você pudesse me apoiar para continuar e para que eles possam comer”, completou.

Comovidos com a situação, alguns internautas fizeram contato com Huellas para ajudar os cachorros. É necessário, porém, que mais pessoas se unam para garantir que os animais continuarão a ser alimentados nos próximos meses.

Foto: Facebook / Edwin Salvando Huellas

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui