Salvador (BA) registra aumento no abandono e das adoções de animais


Constanza resgata animais e encontra lares para eles (Reprodução/Portal A Tarde)

O número de animais abandonados aumentou em 800% em Salvador, na Bahia, segundo dados da Brigada K9, vinculada ao Corpo de Bombeiros Voluntários de Salvador. Apesar desse triste cenário, as adoções também cresceram.

A gestora do Abrigo Doce Lar, Constança Costa, afirmou à rádio A Tarde FM, que “antes doava cinco por mês” e que agora está “doando um a cada dois dias, em média”.

“As pessoas estão com mais tempo em casa e têm possibilidade de fazer uma harmonização do animal com a família”, explicou Constança.

O Abrigo, no entanto, chegou ao limite por conta do crescimento dos abandonos – motivados pela crise financeira gerada pelo coronavírus e por notícias falsas que levam os tutores a crer que os animais podem transmitir a doença. Especialistas já alertaram, porém, que cachorros e gatos não contraem nem transmitem o coronavírus (leia mais sobre o parecer de pesquisadores sobre o assunto clicando aqui).

“Já é difícil normalmente, agora está mais difícil com toda demanda. A gente já está no limite, mas como dizer não para uma cadela parida debaixo de chuva ou para um poodle idoso que foi abandonado no Rio Vermelho na semana passado?”, disse Constança.

Ela lembrou que, além de submeter o animal a tratamento antes de doá-lo, o processo de adoção é criterioso, pelo bem do cão ou gato resgatado.

“Primeiro, a gente precisa tratar deles, o psicológico e a saúde física. Fazemos uma bateria de exames, vermifugar, vacinar, castrar para, só depois, entrar para adoção. O candidato também passa por entrevista bem rígida e criteriosa porque a gente quer entregar o animal para uma família que vai respeitá-lo”, explicou.

Interessados em doar qualquer quantia em dinheiro para ajudar o abrigo a se manter e candidatos à adoção de animais podem entrar em contato com a entidade através do Instagram (@docelar10) ou pelo Whatsapp (71) 99928-2889.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>