Após ser criticado por tentar sortear cão, Latino anuncia doação para ONGs de proteção animal


Reprodução/Instagram/@latino

Para se retratar da tentativa de sorteio de um cachorro de raça, o cantor Latino decidiu reverter parte da arrecadação de sua última live para ONGs de proteção animal. O anúncio da retratação foi feito na tarde de quarta-feira (6).

Latino havia iniciado uma campanha por meio da qual fãs teriam que mandar vídeos dançando com animais para concorrer ao sorteio de um cachorro da raça Lulu da Pomerânia. Ao tratar o cão como mercadoria, o artista foi duramente criticado nas redes sociais e, depois disso, apagou a publicação sobre o sorteio.

“Muita gente me pedindo para que as doações feitas pudessem ser revertidas para as ONGs de animais. Não vejo nenhum problema em relação a isso. Se isso for visto como uma forma de retratação eu acho bem justo”, disse o cantor.

“Achei uma boa ideia, ainda mais se isso reforçar uma retratação minha, já que todos nós temos o direito de errar e o dever de corrigir. O importante é seguir em frente, tentar ser melhor todos os dias e perceber que nem sempre nossas intenções, por melhores que sejam, serão bem-sucedidas”, completou.

As críticas direcionadas ao cantor vieram de seus seguidores no Instagram, mas não só. A ativista pelos direitos animais Luísa Mell também se pronunciou sobre o caso após Latino demonstrar ter ficado incomodado com as críticas recebidas.

“Infelizmente, o Latino não entendeu a mensagem. Ele acha que se trata de haters [quem criticou]. Mas não tem nada a ver com haters, não, Latino. São pessoas conscientes que estão tentando te ensinar que animais não são coisas”, afirmou.

Confira o vídeo que o artista publicou falando sobre a retratação:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por 🇧🇷🎤 LÅTĮNØ (@latino) em


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

RETROCESSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>