Litoral paulista

Raias são libertadas de rede de pesca e tartaruga é encontrada morta em SP

O corpo da tartaruga será submetido a exames para tentar identificar a causa da morte

Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande
Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

Duas raias foram libertadas de uma rede de pesca e uma tartaruga-de-couro foi encontrada morta na quarta-feira (22) em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Os animais foram encontrados durante patrulhamento da Guarda Costeira.

As raias foram encontradas, segundo informações concedidas pela prefeitura ao G1, nas proximidades de uma encosta rochosa da Fortaleza de Itaipu, na Praia do Comandante. A rede de pesca estava à deriva, com os animais presos. Os guardas foram até o local de barco para recolher o objeto e resgatar as raias.

No mesmo dia, uma tartaruga foi resgatada na praia do Balneário Maracanã. O animal foi encontrado já morto na areia.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

A Guarda Costeira informou que a tartaruga era de grande porte e que seu corpo foi encaminhado ao Instituto Biopesca para ser submetido à necrópsia e coleta de material biólogo. O objetivo dos exames é tentar identificar a causa da morte.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui