Coronavírus

Adoção de animais cresce em Palmas (TO) durante quarentena

Protetores alertam que, apesar do crescimento no número de adoções, existe um medo de que as adoções estejam sendo feitas por impulso devido ao isolamento social e que isso possa acarretar em abandonos futuros

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Após serem impostas medidas de isolamento social em quase todo o país devido à pandemia causada pelo coronavírus, a adoção de cães e gatos têm crescido substancialmente em Palmas, no Tocantins. Segundo os protetores de animais, desde que a quarentena começou, o aumento da demanda de adoção tanto para cães, como para gatos cresceu bastante.

Apesar de ser uma boa notícia, principalmente para as instituições que abrigam animais abandonados, os protetores se mantêm preocupados, já que muitas adoções podem estar sendo feitas por mero impulso, o que pode desencadear um abandono futuro. Tanto os abrigos, quanto os protetores de animais alertam que é preciso que as pessoas reflitam bem sobre a adoção antes de se responsabilizar por um animal.

De acordo com a protetora Késia Abriu, muitas pessoas começaram a adotar animais por estarem se sentindo solitárias em meio ao isolamento social, no entanto, a adoção é um ato que deve ser pensado e planejado. “A gente tem que ter consciência que os animas vão requerer gastos financeiros, uma ração de qualidade, pode precisar de veterinário, a gente tem que estar preparado para assumir isso. Num momento de crise, ainda mais, tem muita gente que não coloca isso no papel”, alerta.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Para quem já tiver feito um planejamento e esteja convicto de que deseja mesmo adotar e se responsabilizar por um amigo de quatro patas, pode ter total certeza de que irá receber muito amor e carinho dos animais, durante e após a quarentena. Estima-se que apenas em Palmas, cerca de 200 animais ainda aguardem por um lar em que possam receber muito amor e carinho, não apenas durante o isolamento social, mas por toda a vida.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui