‘Pare de comer animais’, pedem artistas em vídeo que associa pandemias à exploração animal


Xuxa é uma das celebridades envolvidas na campanha (Reprodução/YouTube/SVB)

O surgimento de muitos vírus e bactérias está relacionado à caça de animais silvestres e ao confinamento de diversas espécies, como bois, porcos e frangos, para consumo humano. Cientes dessa realidade, artistas se uniram a especialistas para fazer um apelo em um vídeo de iniciativa da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). “Para de comer animais”, eles pedem.

O vídeo, de pouco mais de um minuto de duração, fala da relação entre doenças – como SARS, Ebola, AIDS, gripe suína, gripe aviária, varíola e sarampo – e a exploração animal. O alerta já foi feito também pelo biólogo Frank Alarcón. 

Participam do vídeo celebridades como a apresentadora Xuxa, a ativista Luisa Mell, os atores Junno Andrade, Emiliano D’Ávila e Leilah Moreno , além da atleta da seleção brasileira de vôlei Macris Carneiro. Especialistas também integram esse time, composto pela nutricionista coordenadora do Departamento de Nutrição e Saúde da SVB, Alessandra Luglio e do próprio presidente da entidade, Ricardo Laurino, além dos médicos Bruno Shoiti Maehara, Karla Santone, Daniel Cosendey Ganimi e Eric Slywitch.

“O material foi desenvolvido a partir de uma ideia da Dra. Karla Santone e recebeu o apoio da SVB para produção e divulgação, ou seja, que também contribuiu com o contato para convite das personalidades”, contou ao portal ABC Repórter o presidente da SVB, Ricardo Laurino.

O vídeo integra a campanha Bomba Relógio, que recebeu esse nome em referência ao alto risco que o consumo de animais e recursos naturais representa. Uma página na internet com informações e fontes relacionadas também está prevista como ação complementar ao vídeo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>