Onça-parda é filmada pela primeira vez em reserva em Petrópolis (RJ)


Uma onça-parda foi filmada pela primeira vez na Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio), localizada na cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

Segundo maior felino do Brasil, a onça-parda fica atrás somente da onça-pintada. O animal, que está ameaçado de extinção por conta do desmatamento, foi visto no dia 9 de abril.

Foto: Rebio

Desde 2018, os animais que vivem na reserva são monitorados por armadilhas fotográficas. E foi uma delas que registrou a presença da onça. Pacas e cachorros do mato também estão entre as diversas espécies já registradas pelas câmeras.

Na opinião da administração da Rebio, a redução no fluxo de pessoas nas redondezas da reserva e dentro dos limites da unidade de conservação, por conta da quarentena, podem explicar a aparição da onça-parda.

“Apesar da Rebio Araras ser uma Unidade consolidada, este registro é importantíssimo, pois é um indicativo de que o ecossistema está equilibrado. Além disso, acreditamos que este registro só foi possível devido à quarentena, pois é sabido que a redução das atividades humanas no interior e nos limites das Unidades contribui para o aparecimento de animais silvestres”, disse ao G1 Isabela Bernardes, chefe da Rebio Araras.

A reserva, que é administrada pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea), tem 3.862 hectares de Mata Atlântica, abrangendo partes dos municípios de Petrópolis e de Miguel Pereira. O local protege espécies raras, vulneráveis, endêmicas e ameaçadas de extinção.

Importante para os ecossistemas da região, a reserva garante segurança hídrica, porque preserva aproximadamente 110 nascentes e 110 km de extensão de cursos hídricos. O local também conecta duas unidades federais da Região Serrana – a Reserva Biológica do Tinguá e a Zona de Vida Silvestre da Área de Proteção Ambiental (APA) Petrópolis – no âmbito do Mosaico Central Fluminense.

Na Rebio, são permitidas apenas visitas educacionais e a promoção de pesquisas científicas, todas realizadas mediante autorização prévia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>