Cão corre mais de 4 km atrás de ambulância após tutora ser levada a hospital


Um cachorro percorreu mais de quatro quilômetros perseguindo uma ambulância do Samu após sua tutora ser socorrida e levada para o hospital. O caso aconteceu na sexta-feira (3), em Ipiaú, na Bahia.

Foto: Site Giro Ipiaú

A tutora de Petruchio, uma idosa de 73 anos, foi levada para o Hospital Geral após passar mal. O animal, em um ato de lealdade e amor, entrou na ambulância, mas foi retirado de dentro dela pelos profissionais do Samu, e então seguiu o veículo.

“O hospital fica afastado da casa da paciente, acredito que mais de quatro quilômetros. O cão chegou até aqui, e, quando o Samu foi retirar a paciente do carro, o animal queria morder os profissionais”, contou ao G1 Alexandro Miranda, diretor do Hospital Geral de Ipiaú.

Enquanto a idosa recebia atendimento médico, o cachorro ficou na recepção do hospital, esperando por ela e recebendo a atenção dos profissionais e pacientes do local. Ainda na sexta-feira (3), a mulher recebeu alta.

“Os moradores e profissionais de saúde deram comida. Tinha gente querendo adotar até”, concluiu Alex Miranda.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>