Carnes vegetais da Fazenda Futuro chegam à Europa


Depois de anunciar que este mês a sua linguiça vegetal começa a chegar aos supermercados e restaurantes, a foodtech brasileira Fazenda Futuro, já conhecida pelo Futuro Burger e por suas versões de almôndegas e carne moída à base de vegetais, define como meta popularizar seus produtos no mercado europeu.

Marcos Leta: “Produtos que representam a diminuição do desmatamento no Brasil, conservando os recursos naturais e reduzindo o sofrimento dos animais para nosso consumo” (Imagem: Divulgação)

Produtos chegam à Europa este mês

Sob o nome Future Farm, a marca chega à Europa também em abril por meio do Future Food Group, sediado na Holanda, e que detém marcas como PLNT e FF Anders. Segundo a empresa brasileira, o grupo holandês será o distribuidor exclusivo da marca nos países da União Europeia.

O CEO, Marcos Leta, diz que é uma obrigação fazer da marca uma participante global no mercado de produtos à base de vegetais.

“Com a nossa marca, queremos estabelecer uma conexão real com o consumidor consciente, oferecendo produtos de qualidade com base em vegetais a um preço competitivo. Produtos que representam a diminuição do desmatamento no Brasil, conservando os recursos naturais e reduzindo o sofrimento dos animais para nosso consumo.”

Um olhar para o futuro

Anton Bal, da Future Food, justifica que embora o grupo holandês desenvolva os próprios produtos, eles estão abertos a outros produtores que, como eles, têm a sustentabilidade e um olhar para o futuro como principais valores.

A linguiça vegetal da Fazenda Futuro começou a ser desenvolvido em 2019 tendo como desafio imitar a linguiça de pernil, inclusive em relação à crocância. Esse resultado, que visa atrair também os consumidores de carne, foi conquistado ao transformar algas marinhas em revestimento para a carne vegetal, favorecendo o chamado “formato clássico” da linguiça.

Segundo a marca, a linguiça vegetal tem sabor delicado com toque de especiarias. “É perfeita para churrascos e sanduíches, sendo ainda mais leve que as versões animais e produzida sem transgênicos, corantes, realçadores de sabor ou aromas artificiais.”

O produto também é indicado para cobertura de pizzas, recheios de tortas, hot-dogs, massas, etc.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>