Quarentena

Vídeo: cãozinho carente impede tutor de trabalhar em casa

Com apenas 11 meses, Ginny não entende porque o tutor não pode dar 24 horas de atenção a ele

Ginny em foto do twitter de Kevin Johnson

No meio do caos causado pela pandemia do covid-19, algumas cenas “reais” do novo cotidiano das pessoas servem para relaxar. É o caso do vídeo gravado por Kevin Johnson, que mora no Brooklyn, em Nova York – que é o novo epicentro da pandemia. O maior centro financeiro do mundo chegou a ter, na sexta-feira, 27 de março, a espantosa marca de 7.400 infectados em 24 horas.

Mas o cãozinho Ginny, de 10 meses, alheio a tudo isso, só pensa em exigir atenção de Kevin, seu tutor. O vídeo postado no twitter em que Ginny impede Kevin de escrever no computador já tem mais 391 mil curtidas, além de milhares de comentários e compartilhamentos.  No post Kevin escreveu: “Meu novo colega de trabalho é tão carente … não consigo fazer nada”. Assista:

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui