Ativismo

Stella McCartney usa passarela para protestar contra exploração animal

A grife da filha de Paul McCartney não usa absolutamente nada de origem animal

Reprodução
Reprodução

A estilista vegana e ativistas em defesa dos direitos animais Stella McCartney estreou ontem (02) sua nova coleção de outono-inverno durante a Semana de Moda de Paris e surpreendeu o público ao colocar na passarela modelos vestidos como vacas, coelhos, raposas e outros diversos animais explorados tanto para a indústria da moda, quanto para o consumo humano.

A grife da filha de Paul McCartney não usa absolutamente nada de origem animal e suas criações são sustentáveis e eticamente ecológicas. “Nunca houve um momento em que tenhamos tido mais esperança de acabar com o uso de peles e couro na moda — uma prática que é cruel com os animais e prejudicial para o planeta”, disse a estilista.

Confira abaixo um vídeo do desfile:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui