Serial killer

Protetora denuncia novos casos maus-tratos a animais em assentamento no Grajaú, em SP

Desde maio de 2019, cerca de 70 cães e gatos foram encontrados mortos com sinais de tortura no Conjunto Habitacional Brigadeiro Faria Lima

Reprodução | Facebook

A protetora de animais Claudia Chamas usou seu perfil no Facebook para denunciar novos casos de assassinato e tortura de animais no assentamento localizado na região do Conjunto Habitacional Brigadeiro Faria Lima, no bairro Grajaú, zona Sul de São Paulo. O local ficou conhecido em julho de 2019, após mais de 70 cães e gatos terem sido brutalmente maltratados e mortos por um serial killer que não foi identificado.

Claudia faz um apelo para que o caso ganhe a atenção das autoridades para que os animais sejam restados antes que o pior volte a acontecer: “Recomeçaram as matanças no assentamento do Grajaú, no Conjunto Faria Lima! Vamos gritar para as autoridades pegarem estes assassinos!”, diz a postagem acompanhada de um vídeo que mostra um cãozinho mutilado. Uma moradora do local afirma que casos de maus-tratos ocorrem desde o nascimento do assentamento, há cerca de seis anos.

Entenda o caso

Desde maio de 2019, cerca de 70 cães e gatos foram encontrados mortos com sinais de tortura no Conjunto Habitacional Brigadeiro Faria Lima, no bairro Grajaú, zona Sul de São Paulo. Os animais sobreviventes foram resgatados e encaminhados para lares provisórios. A denúncia aponta que os animais estão sendo vítimas de envenenamento e um dos animais, inclusive, foi baleado. Também foram encontrados animais com olhos perfurados, orelhas e patas mutiladas e queimaduras.

Saiba mais

Serial killer mata e mutila cerca de 70 animais em condomínio de SP

Serial killer do Grajaú pode estar matando animais há seis anos

Psiquiatra forense aponta que maltratar animais é indício de psicopatia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui