Estudo

Grupo discute direitos animais por videoconferência no domingo

Será discutido o livro “Galactolatria: mau deleite - implicações éticas, ambientais e nutricionais do consumo de leite bovino”, da filósofa Sônia T. Felipe

Um dos encontros do Grupo de Estudos sobre Direitos Animais e Veganismo realizado em Brasília (Foto: Divulgação/FALA)

A Frente de Ações pela Libertação Animal (FALA), de Brasília (DF), realiza por videoconferência no domingo (29), às 13h, o encontro do Grupo de Estudos sobre Direitos Animais e Veganismo. Será discutido o livro “Galactolatria: mau deleite – implicações éticas, ambientais e nutricionais do consumo de leite bovino”, da filósofa Sônia T. Felipe. O evento online é aberto ao público interessado no tema.

Um dos encontros do Grupo de Estudos sobre Direitos Animais e Veganismo realizado em Brasília (Foto: Divulgação/FALA)

A palavra gálaktos, combinada com eidololatreía, palavras do grego, dão nome ao livro: Galactolatria (idolatria ao leite). Tal idolatria tem desdobramentos éticos amplos, para as vacas e seus bezerros – dor, sofrimento e morte; para o planeta– devastação hídrica, de grãos, cereais e plantas, emissão de gás metano e acúmulo de excrementos; e para a saúde humana– intolerância e alergia, entre outros.

Quem quiser participar usando celular ou tablet deve baixar o aplicativo Jitsi Meet. Para acessar por desktop ou notebook, não há necessidade de download; basta acessar o site http://meet.jit.si/. Por uma questão de segurança, a FALA pede que quem quiser participar entre em contato pelo Facebook ou Instagram para receber o link e a senha da sala utilizada.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Sobre a FALA

A Frente de Ações pela Libertação Animal (FALA), sediada em Brasília, atua desde 2012 na defesa dos direitos animais, em diversas frentes, como a proteção animal, as articulações com os três poderes, a ação direta não violenta (promoção de manifestações pacíficas), a promoção de palestras, a organização de grupos de estudo, a parceria com estabelecimentos comerciais (descontos para pessoas voluntárias, inclusão de opções veganas e “veganização” dos estabelecimentos), ações artísticas (música, teatro, dança, etc pela libertação animal) e a organização de ações solidárias (ceia vegana e sopões veganos, por exemplo), dentre outras atividades.

Serviço

Instagram

Facebook

Telefone: 98227-7280 (Bruno)


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui