Eusébio (CE)

Cachorro cai de caminhonete de órgão de proteção ambiental e é arrastado

Um vídeo mostra o exato momento em que o cão passa por momentos de extrema agonia.

Reprodução | Instagram
Reprodução | Instagram

Um cachorro da raça pit bull caiu do compartimento externo de carga de uma caminhonete da Autarquia Municipal do Meio Ambiente e Controle Urbano (AMMA) da cidade de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (CE). Amarrado a uma corda atada em seu pescoço, o cão é arrastado preso à carroceria do veículo. Um vídeo mostra o exato momento em que o cão passa por momentos de extrema agonia.

Os homens responsáveis pelo transporte, após a viralização dos maus-tratos, afirmaram que o cachorro foi resgatado após denúncias apontarem que ele apresentava um comportamento agressivo. Eles dizem ainda que o cão foi transportado de forma inadequada porque estava muito agitado. Segundo os homens, o pit bull não sofreu “ferimentos graves”.

A Prefeitura de Eusébio informou em nota que apura o caso, mas que repudia qualquer ato de maus-tratos e crueldade contra animais e que os responsáveis serão punidos. O caso gerou intensa revolta nas redes sociais. “Esses funcionários não têm condição de trabalhar nessa função”, alerta um internauta. O vídeo que mostra os maus-tratos foi postado pelo perfil MRSC-NATAL. Veja abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

IMAGENS FORTES !!!!! . 😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭 . . Como não viram isso ? Dirigem apenas olhando para frente ? que absurdo é esse ? CHEGA de humanos assim. Essas pessoas não poderiam nunca trabalhar em qualquer órgão ligado ao meio ambiente. . Reposted from @tesejuridica 🛑Fortes imagens 🛑 Veículo da @prefeituradeeusebio é flagrado arrastando cachorro pelas ruas da cidade e vídeo viraliza nas redes sociais causando revolta. . . De acordo com informações colhidas, a equipe de funcionários da fiscalização de patrulhamento ambiental da prefeitura, havia prendido o animal com uma corda no pescoço e colocado em cima da carroceria da caminhonete. . . Segundo relatos de um morador, o animal tentou pular com veículo em movimento e por isso ficou preso, consequentemente vindo a ser arrastado. Até o momento, nem a assessoria da prefeitura, nem o prefeito municipal @prefeitoacilongoncalves (PR) se pronunciaram sobre o episódio. . . Entidades de proteção aos animais avisaram que deverão acionar, nas próximas horas, as autoridades para que os envolvidos sejam punidos. 🛑 Imagens fortes. . #revistaceara . . . . . . #tesejuridica #animais #prefeitura #cachorro #direito #lei #ambiental #direitoambiental – #regrann

Uma publicação compartilhada por moradoresderuaeseuscãesnatal (@mrscnatal) em

Crime

No Brasil, crimes contra animais estão previstos na lei 9.605 de 1998. Uma vez acusado, o responsável pode ser punido com multa e até um ano de detenção. No entanto, em uma entrevista à Agência de Notícias de Direitos Animais, o advogado criminalista e consultor da ANDA Sérgio Tarcha explica que existe um novo projeto que torna a pena de crimes de maus-tratos mais rigorosa.

Segundo Tarcha, apesar de trazer avanços, crimes contra animais ainda não são vistos com gravidade pela Justiça. “A pena, hoje, é de 3 meses a 1 ano de detenção, ou seja, é nada. A lei que regula a matéria é a lei de crimes ambientais, 9.605/98, a nova lei, 11.210/18, que já foi aprovada pelo senado eleva para 1 a 4 anos de detenção, mais a multa. Ainda continua muito branda a legislação, em outros países é muito mais severo”, disse.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

8 COMENTÁRIOS

  1. Do que adianta ter artigo de lei contra maus tratos se aqui no Brasil lei não funciona? To cansada de ver animais sendo maltratados e todos os dias vermos publicações como essas e até piores…. fico indignada com tudo isso

  2. Viram sim, pra que existe retrovisor, a atitude desse dois diz tudo, imaginam o q agente não ver o q acontece com esses animais em defesos. Tenho nojo de gente assim tá claro q essa profissão não é pra eles. Dois monstros. Ruuuuuua.

  3. Nao tem o minino de condicao de lidar com os animais isso é muita crueldade e desumano e ainda pior quando desce do carro fica olhando o sofrimento do cachorro e não faz nada a outra é que coloca o animal no carro os políticos façam alguma coisa se mecham mudem as leis que e branda. Não aguentamos mas de ver esses tipos de crimes pessoas que se dizem humanas pra mim um verme.

  4. A maior punição para o descaso deste miseráveis funcionários pois pode se ver pela atitude dos dois,que dão muito pouca importância para o serviço que prestam o certo e exonera-los,e reeducar a patrulha ambiental ,porque o cachorro não foi transportado em uma caixa própria para o transporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui