Coronavírus

Aprenda a higienizar as patas dos cães após os passeios

Adote o uso de lenços umedecidos para animais ou para crianças e evite o álcool

Use lenços umedecidos e evite álcool para limpas as patas dos cães. Foto Pixabay

Mesmo em tempos de covid-19, alguns cães ainda precisam sair de casa, em curtos passeios, para fazer suas necessidades, mas é importante limpar as patinhas do mesmo modo que os tutores limpam seus sapatos quando voltam da rua. “Quando voltamos da rua, costumamos tirar os sapatos ou limpá-los antes de entrar em casa. O ideal é tirar, afinal trazemos sujeira e até bactérias da rua. Com os cães acontece o mesmo”, diz a especialista em animais Milene Costa no site web.cachorros.

Ela explica que o correto é usar lenços umedecidos específicos para cães, mas também podem ser adotados os fabricados para humanos, especialmente os usados em crianças: “O ideal é que não tenham álcool nem cheiro. O cheiro pode incomodar o cãozinho enquanto o álcool pode ferir a pele. Caso o cãozinho tenha pisado em coisas grudentas você pode usar gelo para amolecê-la antes de passar os lenços”.

Ela lembra ainda que muitos cães adultos não estão acostumados a esse tipo de higienização e podem reagir mal quando os tutores pegam suas patas para a limpeza: “Para os cães entregar as patas por mais que alguns segundos é muito incomodo. Isso porque é uma parte do corpo que é frágil e demonstra submissão. Animais dominantes podem ter ainda mais dificuldade entregar as patas”.

Segundo ela, a limpeza deve ser feita com cuidado e rapidamente. Petiscos podem ser dados ao cão sempre que ele fica tranquilo enquanto o tutor limpa as patas como uma forma dele associar a higienização a algo prazeroso.

E atenção: é preciso limpar toda a pata. “Com o cão tranquilo, seja em pé ou deitado, pegue pata por pata e passe o lenço umedecido em toda a pata, não apenas na parte de baixo. Não use muita força, isso pode machucar a pata. Mas fique atento se está tudo certo, se há algum machucado. Ou se ele deu algum sinal de dor”. Quanto aos filhotes, o ideal é acostumá-lo com o manuseio das patas e orelhas desde cedo.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui