Hugo Boss lança primeira linha de ternos vegana


PETA

A grife alemã Hugo Boss criou um terno completamente vegano como parte de sua coleção Primavera/Verão 2020.

O traje de verão foi confeccionado com linho europeu orgânico certificado e não contém materiais derivados de animais, incluindo corantes, colas ou substâncias químicas.

Ele vem em cores bege, azul escuro e preto e apresenta o logotipo ‘Vegan Approved PETA’, um símbolo desenhado pela organização de defesa dos direitos animais PETA para destacar roupas e acessórios veganos.

“Os componentes que normalmente contêm lã ou crina de cavalo foram omitidos ou substituídos por substitutos veganos. Esse último olhar em nossa linha de alfaiataria responsável equilibra perfeitamente nossa experiência em adequação com nosso compromisso com o planeta”, lê-se na descrição do traje no site.

“À medida que a demanda por moda produzida eticamente continua a aumentar, aplaudimos a Boss por ser a primeira marca premium conhecida mundialmente a estabelecer esse marco elegante no vestuário masculino vegano”, disse a diretora da PETA Elisa Allen em comunicado.

“Os consumidores compassivos agora podem escolher um design que não seja apenas moderno, mas também livre de crueldade e sustentável”.

Esta não é a primeira vez que a Boss experimenta a moda vegana – em 2018, a marca estreou um sapato Boss Menswear 100% vegano fabricado com Piñatex, um material natural feito de fibras de folhas de abacaxi.

Dada a situação emergencial do planeta, a transformação acontece num momento em que a moda vegana está tomando relevância em termos de apelo, com marcas como Stella McCartney e Adidas também dobrando o número de modelos livre de animais nos últimos anos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>