Abrigo faz apelo emocionante para encontrar lar para cadelinha


A espera de adoção durante sete anos Ginger, uma adorável cadelinha, recebeu uma mãozinha do abrigo Dogwood Animal Shelter, no Missouri, para que ela possa finalmente encontrar uma família que a ame. Eles prenderam plaquinhas com os dizeres: “Eu sou uma boa garota. Eu juro. Eu só preciso de uma segunda chance” nas grades de metal de sua casinha e compartilharam as imagens em redes sociais.

Foto: Dogwood Animal Shelter

A imagem se tornou viral recebendo inúmeras mensagens de apoio e ofertas de adoção, o que impressionou o abrigo que não imaginava que a repercussão aconteceria até mesmo em outros países. “’Pagarei as taxas de adoção por alguém que a queira. Da Austrália, não há muito mais que eu possa fazer, mas tenho certeza de que ela irá encontrar um lar amoroso em breve”, disse um internauta que vive fora dos Estados Unidos.

Em resposta a toda a repercussão positiva que o caso de Ginger tomou, o abrigou compartilhou um pequeno e fofo vídeo da cachorrinha brincando com seus brinquedos e uma legenda que dizia: “’Obrigado pela manifestação de preocupação com Ginger.”

Ela foi resgatada em situação de maus-tratos e devido aos traumas sofridos acabou desenvolvendo problemas médicos e comportamentais o que a deixou com um temperamento difícil em seus primeiros anos, tornando a sua adoção mais difícil.


ATUALIZAÇÃO: o abrigo Dogwood Animal Shelter informou que a cadelinha já encontrou uma família 🙂 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECIFE (PE)

RIO DE JANEIRO

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>