Imagens de animais selvagens alertam para o risco de extinção


O premiado fotógrafo australiano de vida selvagem, Doug Gimesy, reuniu num ensaio animais que podem, brevemente, ser conhecidos apenas por meio de fotografia

Momento exato em que ornitorrinco é liberado na natureza. Foto Doug Gimesy

O esforço de Doug Gimesy em registrar inúmeros animais australianos que quase já não são mais vistos, tem como objetivo alertar a sociedade sobre o risco de extinção que diversas espécies enfrentam.

“Doug dedicou sua carreira à proteção e conservação de algumas das espécies mais vulneráveis da Austrália.  Ele chega bem perto de animais nativos para revelá-los com detalhes perfeitos. Todas as espécies fotografadas sofreram grandes perdas, especialmente depois de grandes secas, incêndios e inundações que assolaram a Austrália nos últimos tempos”, diz a reportagem do portal The Guardian que publicou o ensaio recentemente.

Uma das fotos que ganhou destaque foi de um ornitorrinco (Ornithorhynchus anatinus) resgatado e depois liberado em um tronco no rio Little Yarra, no estado de Victoria. Os ornitorrincos, que possuem bico, pelos e botam ovos ao mesmo tempo em que são mamíferos, só existem na Austrália.

O potoroo tem um importante papel nas florestas australianas. Foto Doug Gimesy

Um potoroo de nariz comprido (Potidous tridactylus) comendo fungos é outra imagem importante porque a espécie está “quase ameaçada” de extinção. A maneira como eles usam suas garras longas e ligeiramente curvas para desenterrar alimentos ajuda a espalhar esporos de fungos que são benéficos para a saúde de árvores e arbustos em todo o ecossistema. A destruição de habitats por causa da exploração madeireira e expansão urban), incêndios florestais e secas levam a uma redução nas fontes de alimentos.

O Dragão da Floresta em foto de Doug Gimesy

O Dragão da Floresta de Boyd (Hypsilurus boydii) é um animal que ainda pode ser encontrado na natureza, mas a mudança climática e a destruição de habitat podem alterar essa situação em pouco tempo, segundo especialistas.

Um casal de pequenos pinguins azuis parece caminhar de mãos dadas em foto de Doug Gimesy

Pequenos pinguins azuis (Eudyptula minor), a menor espécie de pinguim do mundo, foram fotografados por Doug nas rochas do quebra-mar de St Kilda, em Melbourne. Todas as noites após o pôr do sol, os adultos retornam para suas tocas. Segundo o The Guardian, eles são ameaçados pelos plásticos e poluição que flui para a baía de Port Phillip.

O Dingo, uma espécie de cão selvagem, está numa situação vulnerável de sobrevivência. Foto Doug Gimesy

Doug captou também um dingo macho (Canis lupus dingo), chamado Snapple, aguardando o café da manhã antes do nascer do sol no Santuário de Dingos no Centro de Pesquisa em Victoria. Esse centro visa preservar e conservar o dingo australiano, educar o público sobre seu papel benéfico nos ecossistemas selvagens e, eventualmente, reintroduzi-lo em habitats seguros aprovados. Eles estão em situação vulnerável devido à destruição do habitat, caça, envenenamento e consanguinidade com cães domésticos.

 

Veja mais fotos desse ensaio AQUI

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>